“Que problema o vidro elétrico dos carros resolveu?”: 6 perguntas gerais que aguçam o senso crítico em relação a inovações

O sociólogo norte-americano Neil Postman merecia ser mais conhecido pelos inovadores do Brasil, em todas as áreas. Colega de Marshall McLuhan, cunhou junto com ele a expressão “ecologia midiática”. Era capaz de ser acessível, leve e profundo ao mesmo tempo, algo raro entre intelectuais. Sem fazer concessões, escreveu muito sobre midia, tecnologia e sobre educação.

Uma das trincheiras de Postman era justamente alertar a sociedade sobre como a tecnologia modifica e submete a cultura e quais riscos derivam disso. Os nomes dos livros falam por si: “Pedagogia do Erro”, “Como Assistir Noticiários na TV”. “Tecnopolio: a Rendição da Cultura à Tecnologia”, “O Fim da Educação”; “O Desaparecimento da Infância”; “Divertindo-se até morrer”, entre outros. Este último virou inspiração declarada para o músico Roger Waters, ex-Pink Floyd, que fez um disco quase homônimo. Postman detestou a apropriação.

Certa vez Postman foi comprar um carro e disseram a ele que o carro tinha vidro elétrico e que não poderia ser vendido sem esse recurso. Ele retrucou ao vendedor: mas que problema isso resolve?

Ficava indignado com noticias do tipo “governo apoiará projeto para criação de aeronave capaz de cruzar o oceano em 4 horas, em lugar das 8 horas atuais”. Pensava ele: Quem irá se beneficiar disso ? Altos executivos ? Artistas de TV ? E continuava: Quem vai pagar pelo desenvolvimento desse projeto? O contribuinte? Aquele que em 90 % dos casos, jamais poderá entrar em um avião desse tipo ou de qualquer outro ?

Postman sistematizou essas inquietações na forma de seis perguntas que podem ser feitas sempre que uma inovação tecnológica é proposta. Pode ser uma ferramenta interessante para quem planeja ou consome inovações.

Elenco aqui as 6 perguntas, de forma simplificada:

1º. Qual é o problema que a solução tecnológica inovadora resolverá?

2º. De quem é o problema que a solução tecnológica irá resolver ?

3º. Que novos problemas poderão ser gerados por essa solução ?

4º. Que grupos serão beneficiados pela por essa inovação tecnológica?

5º. Que grupos serão diretamente prejudicados por essa solução ?

6º. Que mudanças na linguagem essa solução promoverá?

Podemos usar as perguntas em situações de aquisição ou uso de um novo serviço ou de um produto tecnológico dito inovador. Por exemplo, quando for comprar um brinquedo para seu filho, quando for trocar de celular, quando for adquirir qualquer aparato tecnológico ou adquirir um novo serviço…

As perguntas ajudam a pensar!

A título de ilustração, veja o que acontece quando aplicamos as 6 perguntas em algumas situações que estão se tornando comuns (coloco aqui as ideias gerais, dada a limitação de espaço – sugiro que releia as seis perguntas agora antes de continuar):

#Cenário 1: Pais compram um triciclo elétrico para filho, em lugar de uma bicicleta tradicional:

Resolve o problema dos pais que não precisam empurrar ou dar maior atenção aos filhos, e ainda podem usar o celular enquanto a criança roda no triciclo.Tira a chance da criança desenvolver músculos e reflexos, pode aumentar obesidade..além do custo ambiental desnecessário, estimula o transporte individual que está paralisando as grandes cidades…

#Cenário 2: Flexibilização total dos horários de trabalho em uma empresa:

Resolve o problema da empresa que não precisa pagar horas-extras aos funcionários. Queda de produtividade, afastamento de funcionários por estresse, absenteísmo, precarização das relações de trabalho…

Testemunho pessoal: Como coordenador de cursos na área de TI e orientador de trabalhos finais, procuro fazer o possível para dar relevância aos trabalhos dos alunos e torná-los realmente inovadores e úteis. Considerar as 6 perguntas tem me ajudado muito.

Para conhecer Neil Postman e se divertir com suas ideias, sugiro que assista a conferência em que ele explica em detalhes as 6 perguntas: é interessante e divertido:

https://www.youtube.com/watch?v=hlrv7DIHllE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close