Documentos .PDF editáveis para economizar papel

Quando o computador pessoal surgiu, esperava-se a diminuição de consumo de papel mas o consumo, na verdade, aumentou. Experimente entrar em um escritório de contabilidade comum e encontrará armários de aço, pastas e papeis por todos os lados. Computadores também. Quanto mais computadores, mais papel porque quem compra computador, compra uma impressora, mais cedo ou mais tarde. Aliás, na cabeça de muitas pessoas, não há suporte mais confiável para armazenar informações do que o papel, isso desde que os egípcios inventaram o papiro (e que evoluiu depois para o papel inventado pelos chineses).

Em 1993, um esforço nobre para dar maior status a documentos digitais foi a criação do formato de arquivos .PDF pela Adobe. O documento .PDF é criado independente do aplicativo, do hardware e do sistema operacional. Assim um arquivo PDF pode descrever documentos contendo texto, gráficos e imagens em um formato independente de dispositivo e da resolução. Em resumo, quando você cria um arquivo .PDF a partir de outro formato qualquer, tem a segurança de que o documento abrirá como você espera que ele abra, em qualquer dispositivo. Muitas ferramentas exportam .PDF. Com os e-books foram surgindo outros formatos semelhantes ao .PDF mas com outros aproveitamentos, como .ePub que é elástico e se adapta bem a diferentes formatos de tela para leitura de texto. Um problema (?) do arquivo .PDF, pelo menos em algumas situações, é essa dificuldade em editá-lo.

O que talvez poucas pessoas saibam é que um documento .PDF pode ser editável e, no limite, isso pode ajudar a economizar papel!

E você não precisa pagar nada para criar documentos .PDF editáveis.

Inserindo campos texto em um arquivo .PDF usando o DOCHUB.COM

A ideia aqui é inserir campos editáveis em um documento .PDF preexistente.

Recomendo a ferramenta DOCHUB é gratuita e muito interessante (existem outras). Atua diretamente sobre documentos .PDF. Nela você acrescenta uma camada de campos texto editáveis e salva novamente em .PDF até com o mesmo nome. Com isso uma apresentação ganha um aproveitamento posterior muito maior: por exemplo, um conjunto de slides vira um caderno de exercícios. Outra possibilidade a é você criar uma apostila utilizando diretamente os slides como se fosse um caderno de referência e espaço para respostas. Se você trabalha com cursos online, suas listas de exercício nunca mais serão as mesmas…é fácil de fazer

Abaixo, tem um link com um pequeno vídeo ilustrando o uso do DOCHUB.

Aproveite! E imprima menos papel!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close