Saem conteúdos, entra a essência…o que diz o método Montessori

Quando há consenso de que não adianta insistir na transmissão de conteúdos de forma remota nestes tempos de afastamento social – refiro-me a ensino infantil e fundamental – as escolas tem que recorrer a referências que sejam o cerne de algum método ou linha pedagógica. Seriam as habilidades e/ou as competências?

Ao ler autores ou teorias clássicas de educação ou textos relativos a métodos tais como Waldorf/Montessori, não encontrará termos como “habilidades”, “competências” e “atitudes” nem”construtivismo” ou nem mesmo “metodologias ativas”. Estes termos e expressões não apareciam originalmente nos textos. Os modelos ou abordagens utilizam outros termos tais como “pilares”, “tendências”, “princípios”…Bom lembrar que metodologias ativas, pelo menos com essa denominação, aparecem apenas há cerca de dez anos nas bibliografias.

Método Montessori

O momento atual merece destacar o método Montessori e as “tendências humanas” sobre as quais o método se baseia. Ver [1]

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O método nasceu do esforço da médica italiana Maria Montessori [1870-1952].
Ao seguir na área de psiquiatria percebeu como o tratamento dado às crianças com necessidades especiais era desumano. Acabou mergulhando no universo do desenvolvimento infantil e criou seu próprio método que é muito menos de ensino e muito mais de aprendizado. Para muitos, ela revolucionou a educação. Ver [2].

Apresento algumas características do método Montessori e coloco entre parêntesis, a pertinência do modelo para os dias de hoje, na minha visão:

  • para além dos conteúdos, trabalha-se o emocional, social e o intelectual (considere o alarmante índice de depressão e suicídio entre jovens!);
  • aprendizado é muito associado ao ambiente (temas de estudo deveriam ser significativos para quem estuda…por que não fazer uso de problemas reais?);
  • cultiva-se o auto-desenvolvimento, autoorganização e autonomia (assistimos cada vez mais a presença do autodidatismo e do “se vira” tanto em ambientes acadêmicos quanto profissionais);
  • crianças de idades diferentes se ajudam e atuam em ambientes comuns (fóruns EAD não costumam ter conversação ou construção coletiva e, aliás, nem conversação alguma).

E finalmente:

  • adultos, em geral, de tanto querer ensinar, atrapalham o desenvolvimento das crianças (estamos saturados de cursos e aulas).

Montessori em tempos de afastamento social

Posso estar indo muito longe mas a ideia de estimular a autonomia da criança, uma das vigas do método Montessori, agora com o afastamento social é posta à prova.

Será que o ambiente das salas Montessori pode ser levado para as casas hoje? Alunos de escolas Montessori estariam tranquilos em suas casas realizando as atividades em tempos de afastamento social de forma individualizada, dado que, por hipótese, sabem se comportar de forma autônoma para aprender?

Provavelmente não. Entre outros fatores porque ninguém estava preparado: nem pais, professores e muitos menos os alunos.

E era um trunfo deste perfil de escola evitar ou ignorar o uso de qualquer tipo de tela ou tecnologia digital. Montessori viveu muito antes do computador pessoal e todo o modelo foi construído com base na manipulação do concreto, não no mundo abstrato das telas de computador.

Abarcar tecnologia digital em escolas alternativas antes da crise era como misturar água e óleo.

Mas o momento é rico para tentar novas aproximações com a tecnologia e entre famílias e escola.

Talvez uma nova atenção ao método Montessori o desprendesse da pecha de método de ensino que interessa apenas à pré-escola e series iniciais. Seria muito bom!

[1] < https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/Historia/noticia/2020/03/quem-foi-maria-montessori-pedagoga-italiana-que-revolucionou-educacao.html >

[2] < http://omb.org.br/wp-content/uploads/2016/04/Tende–ncias-Humanas-Ba–sicas-1.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close