Tecnologia e educação: convicções perigosas e nada verdadeiras

A pandemia impactou mais de 250 mil professores no Brasil e o afastamento social rompeu o dique do uso das tecnologias educacionais nas escolas em todos os níveis de ensino. Nesse processo está havendo ganhos e perdas, vitoriosos e derrotados. Tomara que os alunos e professores estejam do lado dos vitoriosos. O teórico da mídia Neil Postman dizia que em processos de mudança, quem perde em geral não sabe na hora que perdeu, só descobre depois. No campo da educação, quase sempre são os professores.

Chamo a atenção aqui para algumas ideias que rondam os professores como “convicções comuns” apenas porque são ditas por quem são ditas. Pena que não sejam verdadeiras, vamos a elas:

1 – “Usar tecnologia digital sempre traz ganho para aprendizado dos alunos.” FALSO. Fuja das receitas prontas, pense no seu aluno e na sua disciplina, vai ter que experimentar…não há solução mágica de tamanho único!

2 – “Eu sei o que funciona no uso de tecnologia educacional…” FALSO. Ninguém sabe. Quando se pesquisa e chega a uma conclusão sobre algum uso do computador na educação, a tecnologia já mudou e a forma como as pessoas a usam já é outra. Não se provou até hoje que as pessoas escrevam melhor porque escrevem no computador! Se duvida disso, pergunte aos professores de redação.

3 – “O interesse e a motivação dos alunos depende de usar o computador/celular.” FALSO. Qualquer novidade que exista só pela novidade em si, esgota-se logo. A regra não deveria ser jogar com as regras dos alunos, nós é que somos os professores!

4 – “Inovação educacional significa usar o computador.” FALSO. Ministrar um curso de matemática sem dar provas e os alunos aprenderem bastante….isso sim é que seria uma tremenda inovação! Usando-se tecnologias digitais ou não.

5 – “Bons professores usam tecnologias o tempo todo.” FALSO. Para mim esse é um dos mitos mais perigosos. Professores não são bons professores apenas porque usam tecnologias digitais e o oposto também vale, claro.

6 – “Tecnologia adequada é a tecnologia mais avançada.” FALSO. Depende do professor e dos objetivos do ensino. Observe como as tecnologias muito arrojadas tendem a marginalizar o professor e inclusive os alunos.

7 – “Tecnologia digital por si não é boa nem é ruim.” Ops, isso é VERDADEIRO! E a tecnologia também é poderosa e complexa. A tecnologia que carregamos no bolso em nossos celulares tem mais poder de computação do que o computador do projeto Apollo que foi capaz de levar o homem à lua. Mas desconhecemos muitos de seus efeitos.

Então, por onde começar?

Para formular soluções próprias, tem que estudar. Não acredito mais em cursos longos (tipo especialização), pelo menos se a ideia é colocar em prática novas metodologias e não perder o emprego antes de concluir o curso. Mais do que fazer cursos formais e acadêmicos, professores aprenderiam muito se montassem grupos de estudo e fizessem curtos de curta duração. E estudar significa conhecer modelos, teorias/tecnologias e experimentar primeiro colocando-se na posição dos alunos e, depois, aplicar em grupos pequenos de professores/alunos e só então, depois, extrapolar.

Para começar a estudar, sugiro que se vá mais na direção da linha metodológica do que tecnológica; prefira a discussões baseadas mais na construção do que na instrução(isso é difícil!). A tecnologia oferece o como fazer (esse é o canto da sereia da tecnologia) mas antes deveria vir a finalidade. Afinal, por que fazer?

Como disse no início, a pandemia e mesmo depois dela, muitos dos 250 mil professores terão que usar muito mais o computador com os alunos.

Tomara que estudem/pesquisem e que tenham senso crítico! É a chance de sobrevivência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close