Tecnologias para aprender matemática: desafio para designers

Tela do software Atividades com Monômios e Polinômios – RCT

Conversando com um colega pesquisador de longa carreira na universidade pública, ele me disse que os professores de matemática são os que menos utilizam tecnologia em sala de aula, em qualquer nível de ensino. Professores de matemática não são contra a tecnologia. Simplesmente, para o ensino de matemática, do que adianta apresentar vídeos e slides prontos com fórmulas e gráficos bonitos se o que os alunos precisam aprender é, justamente, de onde vêm e para que servem as fórmulas e os gráficos ?

Diferente de outras disciplinas em que os alunos aprendem “ouvindo” ou “lendo”, talvez “falando e escrevendo”, a matemática exige ação, só se aprende “fazendo”. Um ambiente de aprendizado de matemática no computador envolveria outros desafios que vão além de animações atrativas e gráficos bonitos.

Mas como reproduzir a liberdade de uso da caneta e do papel para estudar matemática, usando teclado, mouse e ou uma tela de celular ou computador ? A liberdade de externalização de ideias matemáticas está no lápis e papel !

Há também o desafio de melhorar a visualização de dados.

Um site como o WOLFRAM (https://www.wolframalpha.com/), espécie de Google da Matemática, por exemplo, resolve equações e traça gráficos com precisão mas está longe de ajudar alguém a aprender matemática básica, de forma autônoma, é muito útil para quem já sabe matemática, assim como acontece com as velhas calculadoras.

Por quê?

Porque o aluno precisa de um tempo para pensar, tem limites individuais e o excesso de recursos equivale a nenhum recurso para quem está começando.

Uma interface para estudar monômios e polinômios

Anos atrás participei de um projeto na empresa RCT Computadores na Escola e ali ajudei a criar aplicativos para trabalhar álgebra no ensino fundamental e médio. A ideia era que o aluno usasse a máquina para gerar novos exercícios e verificasse os resultados de forma autônoma, sem o professor. O estudo individual ocorreria antes ou depois da aula convencional. Não sei como seria usado hoje em tempos de aula invertida e ensino online, mas dá vontade de retomar o projeto.

Veja abaixo um vídeo com algumas demonstrações das funcionalidades:

Produzi outras ferramentas, programei uma para plotar gráficos de funções elementares:

Se você se interessou por estas ferramentas, escreva abaixo em comentários e eu enviarei mais materiais.

——–

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close